Estou com depressão [momento reflexão]

receba as atualizações do site no seu email é grátis. Digite seu email na caixa e clique em receber , não se esqueça de confirmar a inscrição no email cadastrado


Depois de escrever sobre esta tal autoestima parte 1 , continuo estudando para escrever a parte 2 , e descobri que a depressão também afeta a autoestima , e a ansiedade anda junto com a depressão , a autoestima também aparece nesta história.( é uma salada)

Os comentários dos leitores é fundamental para identificar problemas e tentar ajudar mas , muitas leitoras não comentam aqui no blog ,e mandam emails e muitos, outras utilizam  msn , orkut, facebook e  twitter do blog  contando seus problemas e experiências e principalmente pedindo ajuda , quero dizer que amo este contato e por favor podem continuar enviando emails e quem gostar e puder comente também.

Percebendo a ligação entre uma doença e outra , e associando aos emails que recebo das leitoras , notei que muitas estão com depressão e não sabem , por isso o momento reflexão desta semana é sobre “DEPRESSÃO”

Eu já tive depressão misturada com ansiedade e baixa autoestima, superar não foi fácil , mas se eu consegui , você também pode. Neste post você vai encontrar algumas informações , que poderam lher ajudar na descoberta da “depressão”


Informações técnicas da depressão fornecidas pelo Doutor Drauzio Varella

O que é a depressão ?

É uma doença causada por um desiquilíbrio químico ou hormonal que normalmente é provocado pelo estresse ou até mesmo por genética. Pode dominar e interromper a vida da pessoa , causando sofrimento .

O início insidioso, a depressão evolui continuamente para quadros que variam de intensidade e duração.  Nos casos mais simples, a pessoa pode curar-se por conta própria em duas a quatro semanas. Passado esse período sem haver melhora, os especialistas recomendam atenção e tratamento, porque a depressão prolongada pode levar a suicídio e mortes por causas naturais.

Sintomas da depressão
1* Estado deprimido: sentir-se deprimido a maior parte do tempo, quase todos os dias;
2* Anedônia: interesse ou prazer diminuído para realizar a maioria das atividades;
3* Alteração de peso: perda ou ganho de peso não intencional; vontade de comer demais e aumento de peso.
4* Distúrbio de sono: insônia ou hipersônia praticamente diárias;
5* Problemas psicomotores: agitação ou apatia psicomotora, quase todos os dias;
6* Falta de energia: fadiga ou perda de energia, diariamente;
7* Culpa excessiva: sentimento permanente de culpa e inutilidade;
8* Dificuldade de concentração: habilidade freqüentemente diminuída para pensar ou concentrar-se;
9* Idéias suicidas: pensamentos recorrentes de suicídio ou morte;
10* Estado de ânimo triste, ansioso ou “vazio” de forma persistente;
11* Sentimentos de desespero e pessimismo;
12* Mania de perseguição e inferioridade constante.

Perguntas do Doutor Drauzio Varella para você
1) Durante o último mês, você esteve frequentemente chateado por se sentir deprimido e desesperançado?
2)Durante o último mês você esteve frequentemente chateado por sentir falta de interesse nas atividades?
3)Durante o último mês você esteve frequentemente chateado por não conseguir emagrecer?

Se a resposta foi não a ambas as perguntas, é pouco provável que você tenha depressão. Mas, se uma das respostas foi sim, esteja atento a outros sintomas da doença.

Talvez aí esta a resposta para esta pergunta. Mas porque é tão difícil me amar e me aceitar? A resposta pode ser “DEPRESSÃO” sim senhora. Você vai levando esta vidinha empurrando com a barriga , a doença vai te corroendo e você não faz nada.

Este assunto é muito extenso , e deve ser tratado com seu médico , se você acha que tem depressão procure ajuda , não é doença de louco , não precisa ter vergonha .

LEIA TAMBÉM Vivendo a vida dos outros [reflexão]
Até que ponto o seu “peso” , determina quem você é
Ser gorda é melhor do que nada?
Você vive de aparência?
Roupas de festa para gordinhas

Como controlar a vontade de comer doces
Mas ele me aceita
Estou gordinha e meu relacionamento esfriou

Eu só  fui descobrir a depressão,  em uma visita informal ao médico , quando soube quase morri ( coisa de quem esta deprê e pra ela tudo significa o fim da vida) , pois é, tive que tomar remédios por 2 meses , mas também segui outras recomendações médicas , por exemplo , voltar a fazer o que gosta , se valorizar , e por isso o tratamento durou apenas 2 meses , se você não se ajudar, só o remédio não vai fazer milagre, não preciso dizer que a depressão apareceu na minha vida , depois que comecei a ganhar peso, mas isto me ajudou a me aceitar , me valorizar , criar este blog e passar para vocês que medidas são só medidas , a saúde é o mais importante se a sua esta em ordem . Maravilha !!

O ministério da saúde adverte Se  após ler esse texto,  passar pela  sua cabeça a idéia de que realmente você pode estar com depressão ,  procure o médico . Não se esqueça o primeiro passo tem que ser seu.

Quero agradecer ao doutor Drauzio Varella que gentimente respondeu meu email , e colaborou com esta matéria .

Até o próximo tema  “Não consigo emagrecer ” aguardem !!

Receba as atualizações deste blog no seu email . É gratuito. Não se esqueça de confirmar a inscrição no email cadastrado. Se você não confirmar não vai receber

13 Responses to Estou com depressão [momento reflexão]

  1. FABIANA SOARES disse:
    Nossa eu sei que a muito tempo estou assim, não consigo reagir, não consigo nem procurar ajuda.
  2. Flaviana disse:
    Quanto tempo que não passo por aqui…falta de tempo mesmo Paulinha.
    Eu tive Síndrome do Pânico em 2006, seguida de fobias e crises depressivas.
    Só eu e Deus sabemos o que eu passei e como é sofrido.
    Meu marido teve depressão e tentou até o suicídio.
    Acho que a depressão e doenças psicossomáticas como ela são o mal do século.
    Como sair deles?
    Eu me curei um ano depois…porém até hoje tomo um remedinho caso a ansiedade aumente muito.
    O segredo está em manter a calma e aceitar que tem o problema. Procurar ajuda médica, psicológica e espiritual.
    Um beijo e parabéns pela matéria.
  3. alan disse:
    estou com depressão e ansiedade,
    peço a deus todos os dia que me livre desse mal
    tenho passado por várias crises de ansiedade
    o medo e a tristeza parece que tomara conta de todo o meu peito.
    Peço-lhe não tenha vergonha de expressar o que peça e sim acredite em você.
    Beijoss…
    me responda pelo gmail
    alanguima12@gmail.com
  4. […] Leia também O colunista é gay? Vivendo a vida dos outros [reflexão] Até que ponto o seu “peso” , determina quem você é Esta tal autoestima parte 1 Ser gorda é melhor do que nada? Estou com depressão [momento reflexão] […]
  5. […] visitado outros consultórios, onde receberam as condolências de um diagnóstico firme: “Depressão“, além da inevitável receita do anti-depressivo do momento. Assim, após escutá-las […]
  6. adriana Monteiro disse:
    te parabenizo pela sua grande iniciativa de realizar esse feito feliz ano novo estou lendo e gostando muito
  7. Oiii Dri fico muito feliz com seu comentário , bjs
  8. Thalita disse:
    dos 12 sintomas que citou estou com 11 … é difícil bem difícil.
  9. […] Estou gordinha e meu relacionamento esfriou Vivendo a vida dos outros [reflexão] Até que ponto o seu “peso” , determina quem você é Esta tal autoestima parte 1 Ser gorda é melhor do que nada? Mas ele me aceita Estou com depressão [momento reflexão] […]
  10. O corpo ideal disse:
    […] Estou gordinha e meu relacionamento esfriou Vivendo a vida dos outros [reflexão] Até que ponto o seu “peso” , determina quem você é Esta tal autoestima parte 1 Ser gorda é melhor do que nada? Mas ele me aceita Estou com depressão [momento reflexão] […]
  11. […] quem você é Esta tal autoestima parte 1 Ser gorda é melhor do que nada? Mas ele me aceita Estou com depressão [momento reflexão] O corpo […]
  12. Cindy disse:
    Olá! Meu nome é cindy tenho 25 anos e sempre me aceitei do jeito que sou. Sempre fui gorda e nunca tive vergonha disto.Sempre me achei gata e não me sentia triste por não emagrecer.Sou gorda mas sou saudável. Mas de uns 4 meses pra cá comecei a me achar a pior criatura do mundo.Me sentia gorda e sem graça,comecei a pensar em dar um fim numa vida sem alegrias. Mas então apareceu um “anjo” em minha vida e me mostrou que o mundo precisava de mim.Não sou um E.T,sou apenas GORDA e com muito orgulho. Mas acima de tudo e antes de qualquer coisa sou mulher,e sim,sou bonita e posso ser sensual.A sociedade impõe muitas regras,que foram feitas para serem quebadas.Hoje consigo me olhar no espelho e ver o que já via antes:sou mulher e mereço respeito e não importa meu peso e sim minha essência.
    BJUS
  13. dienifer eduarda disse:
    Estou já faz tres semanas que estou com uma tristeza e um dizanimo dentro de mim pois qualquer coisa eu choro e me ofendo a mim mesmo, não me admiro mais me acho gorda sinto que as pessoas estao se encarnando em mim os da familia sempre chamando eu de gorda ou que torinha tu tais olha o tamanho do teu braço tais virada num encrivel ruck isso me magoa muito e acabei pegando nojo e tristeza de me arrumar de sair nao sinto vontade de nada vou pra academia aos empurao. o que eu fasso da minha vida!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.